10.9.08

P.449: Credo!


Creio em mim – e nem sempre –, porque me sei por dentro. Creio na Natureza, conceito vasto em que incluo as Física, Biologia, Química que regem a essência do Universo (a Matemática parece-me só analítica, não “geradora”…, mas admito estar a cometer uma heresia).
Acredito depois, numa forma diferente de acreditar, na arte. Acredito tanto nela que, não sendo crente na bondade sem mácula do Homem, creio na sua representação na simplicidade desta cruz!
Cristo existiu, está historicamente comprovado. Foi provavelmente um homem bom e seguramente um líder. Teve, por certo, defeitos, o que a meu ver o torna mais credível. Mas a simplicidade que foi seu lema e que os vindouros não quiseram seguir, está aqui. Representação bela e simples, como uma doutrina em que se pode acreditar. O lenho torcido de um ser sobre as estacas hirtas de um castigo…
Há muito que esta fotografia me desafiava! Foi hoje.
...
Notas finais:
1) A única oração que conheço é o "Pai Nosso".
2) Fotografia tirada em Fátima, em Junho de 2008.

4 Comments:

Blogger Irene said...

E que desafio! (Con)venceste-o a 100%! Estás numa fase de uma produtividade imparável, de grande qualidade e com uma capacidade criativa única.
Um dia destes poderíamos ver estas crónicas encadernadas para podermos "tocar" as palavras e adormecermos com elas... que dizes?

setembro 11, 2008 11:13 da tarde  
Blogger Maria Manuel said...

Tu é que estás imparável nos teus elogios! Sabe bem, claro, mas quanto a livro, já houve um tempo de sonhar com isso. Hoje, com os escaparates das livrarias cheios de publicações de qualquer bicho careta (expressão das minhas bisavó e avó), nem sei se valia o esforço... :-)

setembro 12, 2008 8:17 da tarde  
Blogger M. said...

O texto está excelente, como é teu costume. A fotografia belíssima também e a cruz é linda. Reconheci-a.

novembro 20, 2008 10:29 da tarde  
Blogger bettips said...

Perfeitamente de acordo, M. Manuel, no pensamento, na estética. Uma descrição interior, bem sentida e bem representada.
Beijinhos

dezembro 02, 2008 3:51 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home