1.5.08

P.428: Dizem que é uma espécie de cortejo...!

Coimbra, 10 de Maio de 1984 - A Queima das Fitas exumada. O desafio anarquista que esta festa já foi, e o conformismo burguês em que descambou! A opressão gera a revolta, e como, durante os anos da ditadura, a mocidade não tinha outra válvula de escape para descomprimir a angústia, fazia de cada carro um fortim de irreverência, de cada dístico uma provocação. Agora todas as liberdades lhe foram outorgadas. E, em vez de as aproveitar a desmedir a imaginação, a aguçar o espírito, banaliza-se numa glosa do comum, a exibir uma alegria que não tem, convencionalmente embriagada com maus vinhos. E o que era uma sagração juvenil, que eu ajudava a celebrar da janela do consultório, é um cortejo triste de uma geração sem história.

Miguel Torga, Diário XIV


E eu fui “exumar” estas palavras de Torga, inspirada pelo espectáculo degradante do cortejo de ontem, da Queima das Fitas da UTAD, em Vila Real. Os maus vinhos de 1984 foram substituídos pelas máquinas de finos, uma em cada carro, para uma bebedeira mais completa, e único enfeite dos veículos, se exceptuarmos uns quantos jovens de roupa embebida na dita cerveja, vertida ou vomitada, e umas potentes colunas de som debitando batidas e roncos…
Nem uma crítica esculpida, nenhumas palavras de ordem gritadas, nenhuma piada desenhada, nem uma alusão a profs, à universidade, ao sistema, à política… ao próprio curso…! Nada! Cerveja a jorros, contorções de dança, urros a nada…
Pára a cidade pra ver uma coisa destas e ninguém diz que estes reizinhos de agora vão nus…!!!

4 Comments:

Blogger kermit said...

É exactamente assim que penso. Admito alguma excepções porque até aqui na blogofera encontro académicos cujas palavras mostram analogia ao espirito académico de outros tempos. Mas regra geral é também essa a minha ideia, a qual também me fez escrever ontem no post do Maio de 68.
Bom Fim de Semana

maio 01, 2008 11:59 da tarde  
Blogger mariadosol said...

Junto-me a si. Para ser assim era bem melhor que não fosse. As cervejeiras agradecem. O espírito académico e universitário sucumbe! Degradante. E não venham com paternalismos. Diz muito bem: o rei vai nú.

maio 02, 2008 7:21 da tarde  
Blogger Spectrum said...

Penso que eles sabem que vão nus amiga.
Abraços

maio 07, 2008 9:40 da tarde  
Blogger aDesenhar said...

foi uma decepção.
:-|

maio 09, 2008 2:59 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home