9.1.07

P.160: Só porque gosto


Ali está a cidade
Trémulos olhos da noite
Toda em cimento se ergue
À tona dos desperdícios
Sob um arco luminoso
Como um monstro incandescente
Faz-se de bela deitada
Espapaçada na lama

Ali está a cidade
Rosto de sonos inquietos
Estremunhada nas sombras
Em contra-luz rarefeita
Finge-se um anjo da guarda
Que se espreguiça felino
Por fora assenta o colosso
Em carne e osso por dentro

Ali está a cidade
Mão de mil dedos acesos
Que acariciam diáfanos
O corpo dos inocentes
Abre perversa o regaço
À imagem de um paraíso
E aconchegou-se mais bela
E abandonei-me por ela

Mas sobretudo a cidade
É um som
Toca uma música boa
Pra que eu me esqueça da alma ausente
Que se perdeu pelas ruas
Que eu não me perca também

Ali está a cidade...

:: FAUSTO

(Fotografia de Carlos Sampaio)


3 Comments:

Blogger adesenhar said...

também gosto...

d:-)

janeiro 10, 2007 10:03 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

A tua cidade é muito bela ;) bj

janeiro 10, 2007 10:04 da manhã  
Blogger Maria Manuel said...

Borboleta

Esta não é a minha cidade, mas "também" é muito bonita... :-)
É Viana, a do Castelo.

janeiro 15, 2007 6:08 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home