11.1.06

Página 46: Frustração

Foi bonito
O meu sonho de amor.
Floriram em redor
Todos os campos em pousio.
Um sol de Abril brilhou em pleno estio,
Lavado e promissor.
Só que não houve frutos
Dessa primavera.
A vida disse que era
Tarde demais.
E que as paixões tardias
São ironias
Dos deuses desleais.

Miguel Torga


15 Comments:

Blogger sem cantigas said...

consolo

janeiro 11, 2006 9:38 da tarde  
Blogger Elipse said...

É ainda maior a nossa ironia sobre os deuses.
Não temos de dar razão a todos os poetas, que escrevem sempre afogados em mágoas.
Outonos cegos seguidos de invernos gelados... assim costumamos sentir o tempo. Este ano olhei com outros olhos para as cores do Outono. E nem sequer é violenta a paixão. A não ser a que sinto por mim em certos dias.
Não é receita, m. é o efeito de um dia de sol.

janeiro 11, 2006 10:19 da tarde  
Blogger Maria Manuel said...

E que fazer quando somos nós que sopramos as nuvens que nos escondem o sol?...

janeiro 11, 2006 10:29 da tarde  
Blogger Elipse said...

Pois é essa a raiz de todos os males.

janeiro 11, 2006 11:55 da tarde  
Blogger Fausta Paixão said...

Ke merda é esta... nuvens sopradas por quem? Vamos lá soprar p'a dentro e toca a arrebitar.
A vida é curta para depressões, e os gajos começam a escassear.
Mas andam aí...é preciso é saber escolhê-los.

janeiro 11, 2006 11:59 da tarde  
Blogger antimater said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

janeiro 12, 2006 2:39 da manhã  
Blogger JL said...

Deixamos de soprar M.,deixamos de soprar. O problema é que é muito fácil para certas coisas encontrar resposta e solução. o difícil é aplicá-la!

Um beijo

janeiro 12, 2006 11:44 da manhã  
Blogger pirata vermelho said...

soprando as nuvens ficas a descoberto, de barriga ao léu!
quem te disse qu'os encantos têm prazo, como os antibióticos ?
olha que as pessoas não são como as camisolas que ficam puídas nos cotovelos, nem como os carros que se trocam quando aparece um modelo mais piroso ainda!

janeiro 14, 2006 5:13 da tarde  
Blogger pirata vermelho said...

http://mm.classicalarchives.com/cgi-bin/n.cgi/hQ60rWmGw65wwXRbhxG1Bw/Y9_1DN/013/ClassicalArchives_LISZT_Lieb3_Gornostayeva.wax

janeiro 14, 2006 7:51 da tarde  
Blogger pirata vermelho said...

Liszt
Liebestraume No.3
Vera Gornostayeva

janeiro 14, 2006 7:52 da tarde  
Blogger sem cantigas said...

não dá nada o link... dá?

janeiro 14, 2006 8:32 da tarde  
Blogger pirata vermelho said...

desculp!

us'este
http://prs.net/play/RtVLsG4yHJwUqYZoL1TNTw.html

sonhos d'amor são imparáveis
--> Liszt
Liebestraume No.3
Vera Gornostayeva

janeiro 14, 2006 9:33 da tarde  
Blogger sem cantigas said...

cum cabrão é o toc do meu telemóvel,
puta que pariu pra coincidência!

janeiro 14, 2006 9:42 da tarde  
Blogger Maria Manuel said...

Estou a ouvir. B'igada!

janeiro 14, 2006 10:01 da tarde  
Anonymous pedro jaime said...

Oi, Maria.
Vim a conhecer a tua página buscando o original de "Frustração", de Miguel Torga, poeta daí de Portugal.
Sou um apaixonado por Torga, infelizmente pouco divulgado aqui no Brasil.
Pretendo colocar poemas dele no meu blog: http://autoretratopedro.blogspot.com/, junto com os meus escritos, aqui no Sul do Brasil, que te convido a conhecer.
Por esta coincidência, acabei gostando muito do "charlas" que passarei a visitar.
Grande prazer.
Pedro Jaime.

abril 12, 2008 4:44 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home