28.2.06

Página 70: Carnaval


Carnaval gelado
Luta grotesca pelo riso…
Talvez conquiste a tua gargalhada
Pendurada a espaços
Na linha do meu tempo.
Carnaval
Cíclico, contínuo,
É com o teu excesso
Que me redimo
Da Páscoa triste
Que é a vida…

8 Comments:

Blogger antimater said...

Assim é.

fevereiro 28, 2006 12:31 da manhã  
Blogger pirata vermelho said...

"Carnaval
Cíclico, contínuo,
É com o teu excesso
Que me redimo
Da Páscoa triste
Que é a vida…"

mas!
o que tem isto, tão forte e próximo, a ver com a imagem da estranhíssima escultura em gelo de guerreiros japoneses medievais?

fevereiro 28, 2006 12:41 da manhã  
Blogger Maria Manuel said...

O grotesco... o frio... a possibilidade de se transmutar num Careto de Podence amanhã... ;-) É carnaval!

fevereiro 28, 2006 1:08 da manhã  
Blogger pirata vermelho said...

... ninguem lev'amal!

dorme bem

fevereiro 28, 2006 1:15 da manhã  
Anonymous semcantigas said...

ressurreição pascal!

fevereiro 28, 2006 10:41 da manhã  
Blogger JL said...

E a M. escreve poesia... Bonito! Beijos

fevereiro 28, 2006 12:24 da tarde  
Blogger Fausta Paixão said...

Deixa-me lá fugir dos caretos, que aqui a disposição anda mascarada...

fevereiro 28, 2006 8:50 da tarde  
Blogger sem cantigas said...

gosto muito desta escultura, arrepia-me, espreito-a para confirmar que ainda não se derreteu, será assim tão frio este lugar??

março 01, 2006 6:07 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home