23.1.06

Página 52: Outros blogues: Não compreendo os homens.

Na satisfação plena ou na insatisfação inconformada, os relatos da Fausta, com o seu olhar crítico sobre o desempenho masculino, os anseios incompreendidos das mulheres, o rosário das frustrações e a surpresa das glórias, são uma das coisas mais deliciosas e bem humoradas que tenho lido por esses blogues a fora!
Aos leitores – espera-se – que sirva de proveito e exemplo!
Para quem lê no feminino, um assentimento divertido, pontuado de “ora, nem mais!”. E, porque não?, uma sensação de que… estamos menos sozinhas.

8 Comments:

Blogger pirata vermelho said...

e, já agora, uma patetice sexista a sublinhar, não é?

janeiro 23, 2006 7:55 da tarde  
Blogger pirata vermelho said...

ou a 'dar orientação' ao qu'ela escreve?

janeiro 23, 2006 7:56 da tarde  
Blogger Fausta Paixão said...

A Fausta agradece a visita mas avisa que todas as histórias têm sido de frustração. Insatisfação feminina? Negligência masculina? Imaginários a pique para uma realidade rasa?
Ai daquele que tiver direito a um post!!!
(o último causou-me estranheza, mas ainda estou em período de reflexão para desvendar o mistério: é que o vinho duplica a visão... dizem!)

janeiro 23, 2006 9:07 da tarde  
Blogger JL said...

Já fui espreitar.Sou bem mandado, hem? Ainda se queixam dos homens... Vá lá a gente entender :-) Um beijo

janeiro 23, 2006 9:11 da tarde  
Blogger Maria Manuel said...

Pirata!
Estás desorientado?!!...
:-))))

Fausta,
Duplica a visão, mas diminui o resto!... :-)

janeiro 23, 2006 9:23 da tarde  
Blogger sem cantigas said...

a fausta ao principio enganou-me, ah que a gaja tem uma invaginação do caraças, ahhh? quê??? foda-se enganei-me imaginação fértil! desculpa aí o palavrão

janeiro 24, 2006 9:20 da tarde  
Blogger chuvamiuda said...

........às vezes procuramos descobrir... o que temos mesmo na frente dos olhos.... :)

janeiro 26, 2006 8:16 da tarde  
Blogger sem cantigas said...

chuvamiuda: é a estupidez dos ingénuos.
bom neste caso, o meu, é a estupidez da ingénua, da boa fé sem limite, apre que devia ser proibido tanta!

janeiro 28, 2006 6:54 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home