26.10.05

Página 22: Bom dia para ti também!

Apaguei a luz. Bati a porta. Dei a volta à chave. Desliguei o interruptor. Passei a off. Fechei as portadas. Corri o fecho. Saí.
Acabou! Encerrei a espera.

8 Comments:

Blogger sem cantigas said...

ora!

outubro 26, 2005 10:19 da manhã  
Blogger Maria Manuel said...

Ora?! Se tu, fiel leitor(a), não acreditas na força da minha vontade, a minha vontade terá ainda menos força...

outubro 26, 2005 1:03 da tarde  
Blogger sem cantigas said...

ora! de ora nem mais!

outubro 26, 2005 1:21 da tarde  
Blogger Carlos Barros said...

longa se torna a espera (xutos)


E quando eu descobrir o segredo
Da neblina cinzenta
Que torna a água barrenta
E sem perdão me esmaga o peito

E quando se levantar de repente
A névoa que cobre o rio
Que gela tudo de frio
E escurece a corrente


Longa se torna a espera
Na névoa que cobre o rio
Lenta vem a galera
Na noite que quita de frio
E quando...

E quando apanhar finalmente
O barco para outra margem
Outra que finde a viagem
Onde se espere por mim

Terei, terei mais uma vez força
Para enfrentar tudo de novo
Como a galinha e o ovo
...repetir desgraças

Longa se torna a espera
Na névoa que cobre o rio
Lenta vem a galera
Na noite que quita de frio
E quando...


beijo

outubro 26, 2005 11:07 da tarde  
Blogger sem cantigas said...

ora! já aqui tens um beijo!

outubro 27, 2005 9:07 da manhã  
Blogger sem cantigas said...

as boas noticias chegam-me de manhã :-) manhãs que começam logo bomdia! bom dia pra ti tb!

outubro 27, 2005 11:02 da manhã  
Blogger Maria Manuel said...

semcantigas

Hoje é que cantaste! :-) Obrigada!

Carlos Barros

Já te vi a acenar da outra margem!... Talvez atravesse...

outubro 27, 2005 4:17 da tarde  
Blogger sem cantigas said...

hoje tou pêssega: "apeteceu-me"!

outubro 27, 2005 5:39 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home