19.3.06

Página 77: ESTRANHOS HÁBITOS - o anel retorcido...


Pronto, ok. Eu sei que este desafio já tem barbas, que há prazos razoáveis para anelar os elos à corrente.

Mas que queres? Distraí-me. Andei perdida em Carnavais que não ficarão para a história. E agora aqui estou, penitente e arrependida, a empenhar-me para que mais valha tarde que nunca. E olha que não é pequena tarefa, porque já de si o tema é paradoxal se pensarmos que o que é hábito não nos é estranho e que terei, portanto, que fazer o esforço de me olhar como a um outro para encontrar a bizarria…

Vejamos, pois…
Será, talvez, estranho… e, se não o for, é pelo menos hábito:

  • Ter sempre comigo água e tranquilizantes (cuja acção calmante se exerce sem precisar de os ingerir!... é só um just in case... chegam a passar de prazo!…)
  • Na mesa de todos os dias, o prato mais feio, a taça riscada, o copo defeituoso… por minha iniciativa, ficarem para mim.
  • Contar alunos para adormecer :-).
  • Nunca deitar tão cedo nem levantar tão cedo quanto queria.
  • Ter ideias “geniais” no preciso momento em que vou dormir… e esquecê-las irremediavelmente após o sono.
  • Comer e beber m..u..i..t..o..d..e..v..a..g..a..r.
  • Fazer a cama com gestos rituais, esmero e precisões próprias… difíceis de acompanhar.
  • Conduzir depressa em duas situações extremas: muito bem ou muito mal disposta!
  • Ficar mal impressionada com um aperto de mão frouxo.
  • Testar os homens à mesa… ;-)
  • Esquecer reuniões.
  • Perder guarda-chuvas

Este foi o anel solto com que a corrente já não contava…
por isso, fiquemos por aqui!

Estou perdoada?

8 Comments:

Blogger -pirata-vermelho- said...

como é hábito só percebi metade
mas
para meu espanto, reparo que és a segunda pessoa que conheço (além de mim!) que acha que os homens se definem à mesa, a jogar ou a comer

março 19, 2006 11:11 da tarde  
Blogger -pirata-vermelho- said...

ah!... o problema de deitar cedo-e-cedo-erguer, também

março 19, 2006 11:17 da tarde  
Blogger Spitfire said...

"Ficar mal impressionada com um aperto de mão frouxo."... ora essa?! Porquê?

(nem sei porque pergunto, é uma daquelas coisas... que impressiona sempre pela negativa)

março 21, 2006 12:46 da manhã  
Blogger -pirata-vermelho- said...

olha pr'aqui

http://bigblogis.blogspot.com/

março 22, 2006 2:17 da tarde  
Blogger sem cantigas said...

aperto de mão firme tem o cabrão do lambe botas do irmão do meu patrão, quando posso evito apertar-lhe a mão falsa e de voz fininha...

à mesa tb não testo nada, mas um cozinheiro leva-me na certa!

diferentes sim senhora! e perdida por perdida não te aneles por aí...

março 22, 2006 3:20 da tarde  
Blogger Spitfire said...

Definem-se (os homens) em mais coisas, quando dizem disparates, quando se sobrevalorizam... blá, blá, blá... por aí em diante. Isto digo eu que sou obrigado a almoçar e a jantar à pressa...

março 22, 2006 5:55 da tarde  
Blogger Elipse said...

essa das mãos frouxas também é uma coisa que me aborrece num homem...
apesar de tudo ainda gostamos de homens com carácter, (nós as mulheres)

março 27, 2006 12:49 da manhã  
Blogger penelope said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

abril 25, 2006 2:43 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home