22.3.07

P.210: Correio de Timor

Nova, bonita, tinha uma vida razoavelmente organizada por Lisboa: emprego, casa, relações… Mas um apelo interior em embrião e um acaso da vida, puseram-na na rota das missões humanitárias e o chamamento das causas tornou-se a razão maior.
Arrendou o apartamento mal estreado, vendeu o carro, disse adeus aos estudos de gabinete, abraçou e sossegou como pôde a família e os amigos inquietos e foi-se à vida, à outra que a chamava mais.
Já esteve em Moçambique e na Nicarágua. Hoje escreveu-me de Timor.
É a corajosa aventureira da família e as palavras que se seguem são suas.


Finalmente vos dou algumas noticias deste lado do mundo!
Até agora tudo a correr bem :-)
Maravilhoso sobrevoar o azul do oceano e as várias ilhas dispersas até aterrar em solo timorense!... Emoções fortes. Dias muito cheios e algo agitados ao longo destas 2 primeiras semanas, em que TUDO é novo; e muita formação e orientação; e também formação contínua numa das questões centrais de momento: segurança! As restrições são muitas e a mobilidade em Dili, e em algumas zonas do país, é restrita. Enquanto staff da ONU estamos sempre com o rádio alerta e em comunicação com o Dept. de Segurança, para conhecermos a situação sobre eventuais distúrbios e violência em certos bairros da cidade. Quando há problemas simplesmente não circulamos. Alguns carros da UN foram atingidos com pedras, mas por agora a situação acalmou… pelo menos parece.
O ambiente de trabalho é fantástico, pessoas de todo o mundo... (…) Na missão temos mesmo que ser o mais abertos e flexíveis possível. Tudo pode mudar, hoje parece estar tudo bem, amanhã poderá não estar... Fui inicialmente colocada no Distrito de Lautem, em Lospalos, o distrito mais a Este e remoto e que dizem ser LINDO!! (…) Mas depois pediram-me para ficar em Dili. (…) Mudança de planos. Vai ser uma experiência muito diferente, ficar em Dili, mas talvez depois (…) possa ir para os Distritos, fazer algum trabalho de campo.Timor parece ser um País LINDO, muito rural e verde, a natureza em redor de Dili é incrivelmente bonita. Mas Dili é uma cidade muito pobre, destruída, suja… muito, muito pobre.
Enfim, mais um sítio que me põe a pensar e a relativizar muita coisa... (…)
Beijo grande,
J.

2 Comments:

Blogger adesenhar said...

felicidades para a j.
:-)

março 25, 2007 12:30 da manhã  
Blogger Maria Manuel said...

Agradeço por ela.

Lá longe, onde está, já viu este post e reconfirmou que tudo corre bem... Gente aqui da porta não viu e/ou nada me diz... Que estranho mundo, este nosso admirável mundo novo da comunicação!!

março 25, 2007 12:51 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home